gototop
QUINTA-FEIRA, 17 DE AGOSTO DE 2017
Aumentar Contraste Cores Originais

Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social

Segunda, 13 Março 2017

MDSA reajusta em 45% repasses para os CRAS a partir de junho

 

O valor repassado aos municípios para o atendimento à população em vulnerabilidade social nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) será reajustado. O aumento médio será de 45%. Os recursos começam a ser repassados aos fundos municipais a partir de junho deste ano. Os municípios de até 20 mil habitantes, que recebiam R$ 6 mil por mês do financiamento federal para a execução do serviço nos Cras, passarão a receber R$ 8,7 mil. Já os municípios entre 20 mil e 50 mil habitantes passam de R$ 9 mil para R$ 13 mil por cada centro de atendimento. E os municípios

acima de 50 mil habitantes passam de R$ 12 mil para R$ 17,4 mil por mês. Para receber os valores integrais, as unidades devem estar em dia com as exigências relacionadas à qualidade do atendimento da assistência social, como um quadro mínimo de profissionais, de infraestrutura e de atividades desenvolvidas. A qualidade é avaliada pelo Índice de Desenvolvimento dos Centros de Referência de Assistência Social (ID Cras).


Autonomia

O diretor de Gestão do Suas, Luis Otávio Farias, explica que o município tem total autonomia para a utilização do recurso da Assistência Social. A verba pode ser usada para o pagamento dos profissionais que atuam no Cras ou para outras atividades de custeio necessárias à oferta do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif). “Nossa expectativa é que, com o reajuste de 45%, os municípios possam manter as equipes técnicas de referência, que devem necessariamente contar com assistentes sociais e psicólogos, além de outros profissionais de nível médio ou superior”.



bannerBase
b1
b5
b6
b2
b3
bannerbase21
bannerbase1
bannerbase3
bannerbase22
bannerbase
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias MDSA reajusta em 45% repasses para os CRAS a partir de junho