Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha 25/07/22

Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha 25/07/22


25 DE JULHO - Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha Dia de Tereza Benguela

25 DE JULHO DE 2022
 
 
Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha
Dia de Tereza Benguela
 
 
 
CONTRA DISCRIMINAÇÃO, RACISMO, VIOLÊNCIA E INVISIBILIDADE DAS MULHERES NEGRAS!
 
O Congemas ressalta a importância de oportunizar e investir na capacitação e integração das mulheres negras no mercado de trabalho, em cargos diretivos e de chefia, em espaços de liderança que contraponham o racismo estrutural e promovam, além de representatividade, a ocupação crescente dessas cadeiras.
 
Manifestamos, mais uma vez, a necessidade de promover ações que visem garantir direitos, conscientizar, educar e alertar a sociedade para as diversas situações e desafios vivenciados por mulheres e meninas negras, principais vítimas de feminicídio, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, público mais afetado pelo aumento das desproteções sociais e violações de direitos consequentes da pandemia.
 
 
Um pouco de história
 
Internacionalmente, a data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) durante o 1º Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas, no ano de 1992, em Santo Domingo, na República Dominicana.
 
O evento contou com a participação de 32 países e mais de 300 representantes. O momento foi marcado pela troca de depoimentos, pelas denúncias de violências e debate de soluções para a luta contra o racismo e o machismo.
 
No Brasil, a data homenageia “Rainha Tereza”, a Tereza de Benguela, que viveu no século XVIII, no Vale do Guaporé/MT, e liderou o Quilombo de Quariterê. Segundo documentos da época, o lugar abrigava mais de 100 pessoas, incluindo indígenas.